São Cosme e Damião

sao_cosme_e_damiao

Medidas: 18x28 cm (LxA)

Peso Aproximado: 130g


História

26 de Setembro

Eles são 2 santos orientais, provavelmente martirizados durante a perseguição de Diocleciano (284-305). Historicamente pouco se sabe sobre a vida destes dois irmãos médicos e, pelo que tudo indica gêmeos também. Seus restos mortais, segundo consta, encontram-se em Ciro na Síria, repousando numa basílica a eles consagrada. Da Síria o seu culto alcançou Roma e dali se espalhou por toda a Igreja do Ocidente. Em grego são chamados de “anargiros”, isto é, sem dinheiro. Isto pelo fato de nada exigirem em troca de seus préstimos. Curavam não somente pessoas, mas também animais. Conta-se que um dia São Damião aceitou uma pequena oferta de uma mulher chamada Paládia, a quem havia curado de uma doença. São Cosme recriminou-lhe o gesto, dizendo que não queria ser enterrado junto a ele. Quando os cristãos recolheram seus restos mortais para sepultá-los, um camelo começou a bradar com voz humana, dizendo que enterrassem os dois irmãos juntos, uma vez que Damião recebera a oferta apenas para não humilhar a pobre mulher.

Oração

São Cosme e São Damião, que por amor a Deus e ao próximo vos dedicastes à cura do corpo e da alma de vossos semelhantes, abençoai todos os médicos e farmacêuticos, medicai o meu corpo na doença e fortalecei a minha alma contra a superstição e todas as práticas do mal.
Que vossa inocência e simplicidade acompanhem e protejam todas as nossas crianças. Que a alegria da consciência tranqüila, que sempre vos acompanhou, repouse também em meu coração.
Que a vossa proteção, São Cosme e São Damião, conserve meu coração simples e sincero, para que sirvam também para mim as palavras de Jesus: “Deixai vir a mim os pequeninos, pois deles é o Reino dos Céus”.

São Cosme e Damião, rogai por nós.